domingo, 1 de março de 2009

Alguém aí?

Primeiro: não escrevi antes do GRE-NAL porque ganhar do Veranópolis por 1 a 0 com o time reserva foi perfeitamente normal e eu estava na praia, sem internet a mão. Bom que o Reinaldo voltou a fazer gol.

Agora, após ter perdido o GRE-NAL 375, a segunda derrota por 2 a 1 para o Inter no ano, não tenho força pra fazer algo mais elaborado.

Sei que Seu Celso tem mais uma dívida com a torcida Tricolor. Alguém, algum matemático, filósofo, escritor, locutor, intelectual, pedreiro, mestre de obras, mestre espiritual, guru, médico, oculista, assistente social, discipulo de Freud, ou qualquer outra coisa qualquer sabe explicar por que ele entrou com o 3-6-1 ao invés do 3-5-2 que estava treinado, embalado e consagrado? Alguém? Por favor, ALGUÉM?

Não sou eu que estou perseguindo o treinador, juro.

Semana passada, no empate em 0 a 0 com La U eu escrevi aqui que o 3-5-2 do Seu Celso foi perfeito.

Por que ele mudou o esquema? Desde que ele chegou e tentou este 3-6-1 (ainda na época do Roger Galisteu Te Arranca Daqui) este esquema vem se provando ineficiente. Pior, sempre, com o 3-6-1, o adversário vem pra cima, pressiona e o Grêmio fica sem desafogo, sem contra-ataque.

Pra não ficar aqui só desancando o cara, vá até o blog Preleção (link ao lado) e confira a opinião do nosso amigo Eduardo Cecconi.

Ah, e se outro alguém puder, explica por que fazer linha de impedimento?

4 comentários:

geoband disse...

Alguém, algum matemático, filósofo, escritor, locutor, intelectual, pedreiro, mestre de obras, mestre espiritual, guru, médico, oculista, assistente social, discipulo de Freud, ou qualquer outra coisa irá dizer o seguinte:

Gremio, o filho do Inter!

Chora..., porque Papai é o maior!

André Colombo disse...

geoband [2]

Lauro tento, mas nem assim deu Grêmio ...

Felipe Conti disse...

Só respondendo a minha pergunta no post anterior: SIM, SEGUE O TABU! 6 jogos já!!! Faz alguma coisa MAU!!! HAHHAHAHAHAHA

Gonçalves disse...

Tchê é lógico que pra mim quero que essa situação perdure e por muito tempo, mas na boa me permito avaliar que não é de hoje que o Grêmio tem pensado pequeno na montagem de suas equipes, ae fica uma dúvida se é por falta poderio financeiro ou má avaliação na compra de jogadores que no fim não dão o retorno esperado, nos anos passados, antes do Roth, conseguiu maquiar bem e teve ao meu ver na parte da comissão técnica no caso de quando era o Mano
Menezes uma boa confiabilidade no time mesmo com limitações, mas que na realidade não ganhou nada, exceto um gauchão em 2006,

certamente e eu não tive tempo de fazer aquele comparativo do time do Grêmio de 2007 com o atual, mas acho que tá ficando claro que ele é muito inferior e ainda mais dirigido dentro de campo na pessoa de um treinador de competência totalmente discutível vide mostragens anteriores por clubes daqui e de outros estados, dúvido muito que num curto espaço de tempo isso mude para grande alegria da massa colorada hehehe